sexta-feira, 24 de outubro de 2014

MINISTÉRIO PÚBLICO ENCAMINHA DENÚNCIAS AO PROCURADOR GERAL DE JUSTIÇA DO RN

Nesta sexta feira, no fim da tarde, Dr. Olegário, promotor eleitoral que recebeu as denúncias formuladas ontem pela APRAM junto ao Ministério Público, manteve contato via telefone com Dr. Roberto Barroso a fim de esclarecer os pontos definidos em reunião com os comandantes do 2º e 12º Batalhões de Polícia Militar de Mossoró.

Relatou que foi definido os seguintes pontos: 
a) Que os Presidentes da Mesa optarão em exercer a faculdade da presença dos Policias no interior das escolas, de forma que os militares poderão exercer suas atividades a menos de 100 metros das urnas;
b) Que as denúncias formuladas pela APRAM, no que dizem respeito à excessiva ue seja devidamente investigadas uma vez que são extremamente graves. Entende que direitos e garantias fundamentais dos policiais podem ter sido violados ante a quantidade de horas trabalhadas. 
Dessa forma, segundo Dr. Roberto Barroso: 

carga horária de trabalho, falta de equipamentos e não pagamento das diárias operacionais serão encaminhadas para o Procurador Geral de Justiça a fim de q"Demos mais um passo no combate às escala excessivas impostas aos policiais. Solicitamos a todos que, caso sofram com novas escalas desumanas neste período, procurem a APRAM até terça, dia 28, munidos com cópia das escalas para que cada caso possa ser encaminhado para o processo aberto junto ao Ministério Público, sendo devidamente apurado e punido o responsável."
Segundo Tony isso é apenas o começo de uma grande luta e a associação continuará firme no propósito de alcançar tal dignidade para os policiais militares."Continuaremos denunciando e cobrando a jornada definida, humana e voluntária para os policiais e bombeiros militares", declarou. 
O dirigente informa que a APRAM estará à disposição dos associados para qualquer urgência ou problema durante o pleito eleitoral. Contatos: 8855-1011 ou 9855-0795.
Fonte: Apram

Receita e PF cumprem mandados de busca e apreensão na TelexFree

Carlos Costa, diretor de marketing da TelexfreeComeçou nesta sexta-feira a segunda fase da Operação Orion, que visa combater a prática de pirâmide financeira por empresas sediadas no Estado do Espírito Santo. A operação, na qual participam 12 servidores da Receita Federal e 20 policiais federais, cumpre quatro mandados de busca e apreensão na sede da TelexFree e em três residências de envolvidos nos municípios de Vitória e Vila Velha. Foi também autorizado o sequestro de valores e de bens imóveis. 
Foram pedidas no âmbito da operação medidas cautelares adicionais depois que a equipe investigadora, formada por agentes da Receita Federal, Ministério Público e Polícia Federal, analisou os documentos obtidos na deflagração da Orion em 24 de julho deste ano. 

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Veja: Dilma e Lula sabiam de tudo, diz doleiro à PF



Na última terça-feira, o doleiro Alberto Youssef entrou na sala de interrogatórios da Polícia Federal em Curitiba para prestar mais um depoimento em seu processo de delação premiada. Como faz desde o dia 29 de setembro, sentou-se ao lado de seu advogado, pôs os braços sobre a mesa, olhou para a câmera posicionada à sua frente e se colocou à disposição das autoridades para contar tudo o que fez, viu e ouviu enquanto comandou um esquema de lavagem de dinheiro suspeito de movimentar 10 bilhões de reais. A temporada na cadeia produziu mudanças profundas em Youssef. Encarcerado desde março, o doleiro está bem mais magro, tem o rosto pálido, o cabelo raspado e não cultiva mais a barba.

O estado de espírito também é outro. Antes afeito às sombras e ao silêncio, Youssef mostra desassombro para denunciar, apontar e distribuir responsabilidades na camarilha que assaltou durante quase uma década os cofres da Petrobras. Com a autoridade de quem atuava como o banco clandestino do esquema, ele adicionou novos personagens à trama criminosa, que agora atinge o topo da República. Perguntado sobre o nível de comprometimento de autoridades no esquema de corrupção na Petrobras, o doleiro foi taxativo:

- O Planalto sabia de tudo!

- Mas quem no Planalto?, perguntou o delegado.

- Lula e Dilma, respondeu o doleiro.
Fonte: Robson Pires

Inter TV Cabugi promove debate com candidatos ao governo do RN





O último debate com os candidatos ao governo do Rio Grande do Norte na TV aberta acontece na noite desta quinta-feira (23) na Inter TV Cabugi. O programa vai ao ar logo após a novela Império, e terá a mediação do jornalista Ari Peixoto. O debate colocará frente a frente os candidatos Henrique Eduardo Alves (PMDB) e Robinson Faria (PSD).

O jornalista Ari Peixoto, que está em Natal para mediar o debate, acredita que o maior tempo para perguntas e respostas pode melhorar o nível do debate. “Como o debate desta vez tem menos candidatos, eles terão mais tempo para perguntar e responder. Com isso os telespectadores/eleitores terão oportunidade de conhecer melhor as propostas. Uma boa chance principalmente para os indecisos. No domingo a população decidirá quem se saiu melhor nos debates e nas eleições como um todo”, afirmou.

A ordem em que os candidatos farão perguntas foi sorteada com a presença de representantes de todos os partidos. De acordo com as regras, o debate terá três blocos. No primeiro e no segundo bloco haverá uma rodada de perguntas com tema livre e uma rodada com tema determinado. O terceiro bloco será para as considerações finais de cada candidato.

Nos dois primeiros blocos, cada candidato terá direito a fazer duas perguntas de tema livre e duas perguntas de tema determinado. Os candidatos terão trinta segundos para fazer as perguntas e um minuto e meio para as respostas. A réplica e a tréplica terão limites de um minuto.
Fonte: Robson Pires

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Ânimos exaltados entre o Deputado Nélter Queiroz e o prefeito de Mossoró

7i67i64322



Fonte: JH/V&C - O deputado estadual Nelter Queiroz, do PMDB, afirmou que o prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior, do PSD, estaria oferecendo dinheiro para outros prefeitos votarem no candidato dele para o governo do Estado, Robinson Faria, também PSD. A acusação, feita pelo Twitter, foi respondida pela mesma ferramenta.

“O prefeito de Mossoró fazendo oferta de dinheiro a prefeitos apra apoiar seu candidato a governador. Acorda Mossoró! Pensem no RN!”, afirmou Nelter Queiroz, por volta das 10h da manhã de hoje, comentando notícia postada pelo jornalista mossoroense Carlos Skarlack, sobre o prefeito Francisco José fazendo seu registro biométrico.

A resposta do prefeito mossoroense foi dada poucos minutos depois e foi direcionada para Nelter e também para Skarlack. “Eu queria que você provasse, seu mau caráter. Você está desesperado pq vai perder”, afirmou Francisco José Júnior, desafiando o peemedebista que, até o fechamento desta edição, não respondeu ao prefeito – e, claro, também não provou o que disse.

Mais que uma simples discussão no Twitter, o atrito entre Nelter e Francisco José Júnior simboliza o acirramento dos ânimos dos apoiadores de Henrique Eduardo Alves, do PMDB, e de Robinson Faria. Nelter, do lado do PMDB de Henrique, e Francisco José, do PSD de Robinson.

Fonte: Jair Sampaio

PM age rápido e prende acusado de matar mulher a facadas em Portalegre/RN.



O pedreiro Antônio Gilmário Costa Lima , 29 anos, suspeito de ter matado a facadas a cozinheira Francisca Ronieve Soares de Oliveira, crime ocorrido na madrugada deste domingo na cidade de Portalegre/RN, foi localizado e preso por Policiais Militares, sob o comando do Sargento Anísio, na manhã desta segunda (20), por volta das 08he20min, no Sítio Brejo, zona rural daquele município.


“Desde que ocorreu o crime, passamos a diligenciar durante todo dia e buscar informações junto a população sobre a autoria e localização do suspeito. Durante o período noturno com apoio dos Destacamentos Policiais de Viçosa, Francisco Dantas e Riacho da Cruz, fechamos todas saídas do município, para que o mesmo não fosse resgatado e na manhã de hoje recebemos as ultimas informações sobre sua localização e conseguimos êxito, com a identificação e prisão do autor desse crime” disse o Sargento Anísio. 
Cansado da rotina nas últimas horas, o sargento Anísio finalizou agradecendo o empenho dos Policiais Militares que contribuirão para o cumprimento da missão, e a importância da participação da população. 


Antônio ao ser surpreendido pelos PM's, não reagiu, confessou o crime e alegou ter sido traído e foi apresentado a 4ª DRPC onde foi autuado em flagrante de delito pelo Delegado plantonista.




Nosso Paraná
Via; Sentinelas do Apodi

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

O Viagra pode fazer bem para o coração, dizem cientistas

São Paulo - O principal ingrediente do Viagra pode fazer bem ao coração. A descoberta é de cientistas da universidade Sapienza de Roma.

Em artigo publicado hoje no BMC Medicine, os pesquisadores apresentam os resultados de uma pesquisa sobre o PDE5i.

Principal ingrediente do Viagra e outros remédios contra disfunção erétil, o PDE5i bloqueia a ação da enzima PDE5. Essa enzima é responsável pelo relaxamento do tecido muscular liso. No caso do pênis, sua ação representa o fim da ereção.

Após analisarem dados de mais de 1.600 homens com problemas de coração em estágio inicial, os médicos italianos concluíram que a ingestão diária de doses controladas de PDE5i é capaz de evitar o crescimento do coração a longo prazo.

© Chris Ratcliffe/Bloomberg Viagra: PDE5i é o principal ingrediente do remédio contra disfunção erétil

Além disso, eles também constataram que essa substância melhorou o desempenho do coração em todos os pacientes analisados, sem efeitos negativos para pressão arterial deles.

"Nós descobrimos que o principal ingrediente do Viagra pode ser usado como um tratamento efetivo e seguro para muitos pacientes com problemas de coração", afirmou em nota Andrea Isidori, um dos cientistas responsáveis pelo estudo.

Agora, Isidori e sua equipe querem fazer novos testes para comprovar a eficácia do PDE5i no combate às doenças do coração em outros segmentos da população - como mulheres e homens com problemas cardiovasculares em fase avançada.
Fonte: Msn saúde e bem estar