quarta-feira, 23 de abril de 2014

Francisco Dantas: Candidatura de Vandeilton Bezerra poderá ser impugnada por, suposta, fraude em convenções partidárias.

Vandeilton Bezerra e Ênio Monte poderão ter candidaturas impugnadas pela justiça eleitoral.


O clima começou a esquentar na eleição suplementar de Francisco Dantas. Isto é, ao menos no âmbito jurídico, já que até o momento não ocorreram mobilizações políticas no município. 


De acordo com informações repassadas à nossa página virtual, a Coligação "Unidos Para Avançar", que tem como candidata ao cargo de prefeito Maria Aparecida (DEM) e como candidato a vice-prefeito Anaximandro Lopes (DEM), ingressaram na 40ª Zona Eleitoral com uma ação de impugnação para cassar o registro de candidatura dos integrantes da Coligação "Unidos Por Francisco Dantas", que tem Vandeilton Bezerra (PTB) como candidato a prefeito e Ênio Monte (PMDB) como candidato a vice-prefeito.


Pelo que nos foi repassado (via e-mail), a assessoria jurídica dos candidatos DEMOCRATAS apontou diversas ilegalidades nas atas das convenções partidárias que homologaram a Coligação "Unidos Por Francisco Dantas" por não terem sido elaboradas conforme determina a lei eleitoral. Inclusive, há suspeitas de que somente a convenção do PTB tenha sido realizada realmente, tendo sua ata reaproveitada pelos demais partidos coligados para plagiar informações e, possivelmente, enganar a justiça eleitoral.


Também fomos informados da existência de um vídeo (anexado ao processo), cujo conteúdo comprovaria a, suposta, tentativa por parte dos candidatos Vandeilton Bezerra e Ênio Monte de burlar a lei para facilitar a oficialização de suas respectivas candidaturas. 


Porém, vale salientar que todas essas acusações elencadas na referida ação ainda serão apuradas e, consequentemente, julgadas pelo Juiz Eleitoral Dr. Rivaldo Pereira Neto (que está substituindo o Juiz Titular Osvaldo Cândido de Lima Júnior), cabendo a este blog apenas a tarefa de informar a população sobre as futuras movimentações deste processo e sem fazer juízo precipitado com relação ao mérito.


Aguardemos...


Clique nas imagens para visualizar em tamanho maior.

Instituto de pesquisa, supostamente falso, foi flagrado em Francisco Dantas

O blog teve acesso a mais informações envolvendo a eleição suplementar, na cidade de Francisco Dantas. Desta vez, tudo aponta para ser algo grave, afinal, envolve a utilização de um instituto de pesquisa, supostamente falso.

Segundo as primeiras informações, na última segunda-feira, 21, um grupo de pessoas estaria trabalhando para coletar dados de uma pesquisa eleitoral, com o suposto objetivo de identificar a real situação da disputa naquele município.

Entretanto, após uma abordagem, os supostos funcionários desapareceram, antes mesmo que o fato pudesse ser investigado pela polícia.

O episódio despertou a curiosidade dos eleitores de Francisco Dantas, afinal, qual a finalidade de montar todo o “circo” para a realização de uma suposta pesquisa eleitoral? Quem seria o beneficiado com os números desta sondagem?

Este acontecimento precisa ser investigado pela polícia, visto que, além de crime, pode surgir uma onda de boatos que instiguem o favorecimento a um lado ou outro, o que seria potencialmente prejudicial ao verdadeiro sentido democrático desta eleição.

O blog vai acompanhar de perto esta situação e, a qualquer momento, poderá trazer mais informações
Fonte: Blog JP

PALAVRAS SABIAS!! DA SOLDADO GLAUCIA


Aos que não se contentaram com a decisão da MAIORIA da categoria presente hoje na mobilização>>> Muitos são os instigadores, mas todas as nossas decisões têm consequências. Devemos pensar paulatinamente sobre cada decisão a tomar e pesar qual será a melhor atitude.


Sem dúvida, o Governo sentiu a força de mobilização que uniu, volto a repetir, Praças e Oficiais. Mas às vezes para conseguirmos a vitória precisamos recuar para avançar ainda mais.

Sentamos, digo sentamos pois me sinto representada por cada um dos três PM's (Cap. Moreira, Sgt Eliabe e Soldado Roberto) e os dois BM's (Maj Lucena e Soldado Maribondo) que estavam à mesa de negociação. Fomos ouvidos, nossas carências e nossas necessidades. Damos um passo para várias conquistas.

O Governo garantiu o envio da Lei de Promoção, lembramos principal pauta da reivindicação, e se propôs a nos receber no próximo dia 5 de maio, quando será mostrado soluções para o atendimento dos pleitos apresentados.

Poderíamos ter ganho mais, poderíamos sim, mas a custa de quantas cabeças?! Quantos teríamos que perder para que o movimento fosse finalmente fragilizado?! Acordei pensando que seria presa, durmo pensando ter participado de uma das maiores lutas e conquistas da PM, nossa tão sonhada Lei de Promoção.

Volto a afirmar que demos um passo para várias conquistas. 

terça-feira, 22 de abril de 2014

PMs acatam proposta do Governo e decidem encerrar a paralisação

(Foto: Roberto Lucena)
Os policiais militares decidiram suspender a paralisação iniciada na manhã desta terça-feira (22). Em assembleia realizada no acampamento montado em frente a sede da Governadoria, no Centro Administrativo, representantes da Associação dos Cabos e Soldados apresentaram a proposta do Governo do Estado e a categoria votou pelo fim da paralisação. Os trabalhos serão retomados no turno que será iniciado às 19h.

Durante reunião no início da tarde, o Governo reafirmou o compromisso de encaminhar o projeto de lei que trata sobre a promoção dos praças da Polícia Militar até o dia 1º de maio. Além disso, os demais pontos da pauta de reivindicação deverão ser discutidos em uma reunião marcada para 5 de maio. Segundo a categoria, dependendo do resultado dessa reunião, uma nova paralisação poderá ser iniciada no dia 7 de maio.

Entre os pontos exigidos pelos policiais militares estão o pagamento dos níveis de subsídio e das férias, pagamento de remuneração por nível, de acordo com a lei 463/2012, a implantação de auxílio alimentação, o fornecimento de material adequado, reajuste de 56,7% do salário e a convocação de 824 candidatos aprovados no último concurso da PM. A decisão pela paralisação foi tomada desde a semana passada e, mesmo após anúncio de medidas por parte do Governo, como o encaminhamento da Lei de Praças, os policiais decidiram manter a programação até que ocorresse uma reunião e uma proposta às demais reivindicações.

De acordo com a Associação dos Cabos e Soldados, 12 batalhões aderiram a paralisação durante a manhã de hoje. Porém, a informação foi desmentida pelo comandante geral da PM, Francisco Canindé de Araújo Silva, que não soube confirmar o número real. Segundo o major Macêdo, comandante do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), os serviços transcorreram normalmente, de acordo com as possibilidades de efetivo da PM.

Por causa da paralisação, um hipermercado da capital resolveu fechar as portas mais cedo para liberar os funcionários. A justificativa, segundo a assessoria de imprensa da empresa, foi garantir a segurança do local e dos funcionários.
Fonte: Tribuna do Norte

Pra quem não acreditava! A PMRN parou!! Orgulho de ser PM!

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR: JUSTIÇA ELEITORAL DECIDE ESSA SEMANA SOBRE O REGISTROS DAS DUAS CHAPAS QUE PRETENDEM DISPUTAR A ELEIÇÃO EM FRANCISCO DANTAS

As duas coligações que registraram seus pedidos para disputar a eleição suplementar  na cidade de Francisco Dantas, aguardam ansiosamente a decisão da justiça eleitoral  que irá julgar essa semana algumas ações de impugnação que foram protocoladas pelos assessores jurídicos  e também pelo ministério público eleitoral, o clima político na cidade é tenso ontem a polícia militar e o GTO de Pau dos Feros, foram acionados para averiguar se existiam algo de ilícito em uma pesquisa eleitoral que passava na cidade, mas  colhi informações que os pesquisadores estavam em situação legal e foram liberados para continuar os seus trabalhos. Depois da decisão da justiça sobre os registros das candidaturas que deve sair essa semana, o clima deve ficar mais tenso ainda acredito que a segurança em nosso município deve ser reforçada, a nossa cidade tem a tradição de disputas eleitorais acirradas chegando a situações de agressões  físicas e ameaças,

LEI DE PROMOÇÃO: OFICIAIS ADEREM A MOVIMENTO E DECIDEM ACAMPAR JUNTO COM OS PRAÇAS



Na noite desta segunda-feira, 21, os Oficiais da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar do RN decidiram por apoiar o movimento dos Praças.
Durante a assembleia, os presidentes das associações de praças da PM e do CBM, Sargento Eliabe (ASSPMBM), Soldado Roberto (ACS) e Soldado Maribondo (ABM) explanaram a pauta de reivindicação, contendo uma lista de 11 itens, incluindo Lei de Promoção de Praças, reajuste do subsídio, implementação de uma verba indenizatória de alimentação, implementação e cumprimento dos níveis remuneratórios, pagamento das devidas promoções, revisão do Estatuto e do Código de Ética, convocação dos 824, entre outros.
Também foi exposto o resultado da reunião com o Procurador Geral do Estado, Miguel Josino, que se prontificou em intermediar as reivindicações junto ao Governo do Estado, já programando uma reunião com a presença do Secretário de Segurança para às 9 horas dessa terça-feira (22), data prevista para o início da mobilização dos PM’s e BM’s.
Na assembleia, os Oficiais decidiram que irão ao acampamento dos praças, montado na Governadoria, às 7h30min dessa terça (22) para apoiar a mobilização dos Praças e permanecendo mobilizados até que a pauta de reivindicação seja tratada pelo Governo e estabelecendo cronogramas de negociações.

Via: Associação de Praças de Mossoró e Região.