quinta-feira, 17 de abril de 2014

Acaba a greve da Polícia Militar da Bahia

Do G1 BA
PMs comemoram fim da greve na Bahia após realização de assembleia (Foto: Maiana Belo/G1)

A greve da Polícia Militar da Bahia foi encerrada na tarde desta quinta-feira (17) após assembleia realizada entre líderes do movimento e PMs, no Wet'n Wild, antigo espaço de shows em Salvador, onde parte da corporação permaneceu acampada desde a noite de terça-feira (15), quando omovimento foi iniciado. Logo após a assembleia, os policiais comemoraram bastante e gritaram em coro "A PM voltou".

De acordo com Marco Prisco, vereador e presidente da Aspra (Associação de Policiais e Bombeiros), a categoria conseguiu um aumento de 25% no soldo (remuneração específica da categoria) para o administrativo da PM, 45% para o operacional e 60% para motoristas.
Também foi aprovada a extinção do código de ética, nova discussão sobre o plano de carreira e fim do curso de cabo. "Os benefícios conseguidos hoje são para ativos e inativos”, afirmou o líder da PM.

“Estamos indo para a governadoria para a entrega do documento, pois primeiro precisávamos conversar com a categoria para votação e depois levar o documento assinado para o governo”, completou Marco Prisco.


O fim da greve ocorreu no mesmo horário em que era realizada uma reunião entre o governador Jaques Wagner e o ministro da Justiça Eduardo Cardozo, além de outras autoridades locais e nacionais. O encontro foi realizado na sede da governadoria, no Centro Admnistrativo da Bahia.

Preso do regime aberto do presidio regional de Pau dos Ferros é morto a pedrada.

Um dos primeiros apenados  a cumprir pena no presidio regional de Pau dos Ferros Luiz de Marilac da Silva ( SAMBUDO) se envolveu em uma discussão com uma rapaz na noite de ontem  no bairro São Geraldo em Pau dos Ferros, segundo informações que os populares passarão para polícia  Sambudo puxou uma faca e ameaçou um rapaz que  de imediato pegou umas pedras e jogou em sambudo que foi acertado e  de imediato caiu, logo em seguida o acusado saiu em fuga, sambudo foi socorrido para o hospital regional de Pau dos Ferros de onde foi transferido para Mossoró mas não resistiu os ferimentos e morreu no caminho. A policia Militar realizou diligencias a  procura do acusado que foi preso pela RP de serviço  comandada pelo Sargento Fagundes, que conduziu o acusado para 4ª DRPC para ser apresentado ao delegado regional de Pau dos Ferros Dr Inácio Rodrigues onde o acusado vai ser autuado em flagrante pelo crime de homicídio.O nome do acusado não foi divulgado. Sambudo foi um dos primeiros apenados a cumprir pena no presidio regional de Pau dos Ferros na década de 90 quando foi inaugurado, atualmente ele cumpria pena no regime aberto.

Duas pesquisas eleitoral passou na cidade Francisco Dantas em menos de 8 dias.


O clima politico na cidade está esquentando a cada dia, recebi a informação que ontem 16/04/2014 estava passando uma pesquisa eleitoral na cidade, também temos informações recentemente outra pesquisa foi realizada, agora ninguém sabe informar quem encomendou essas pesquisas ou se as mesmas foram registradas na justiça eleitoral, também fica dúvida se o resultado vai ser divulgado. Como já é de costume em nossa cidade em época de eleição, a cidade fica um pouco mais agitada devido algumas conversas, boatos mentiras e verdades que pessoas espalham nas ruas da cidade.

AGORA PEGOU, PRAÇAS E BOMBEIROS DO RN DECIDEM PARAR AS ATIVIDADES NO DIA 22




É COMO DIZ O DITADO, ARREPIOU. HOJE DIA 16 DE ABRIL, OS PRAÇAS DA PM E BOMBEIROS, MANDARAM O RECADO.DIA 22 PM E BOMBEIROS BRAÇOS CRUZADOS. EM RESPOSTA A FALTA DE SENSIBILIDADE DA GOVERNADORA DO RN.

Devido à falta de diálogo entre o Poder Público e a classe militar, que há tempos denuncia à sociedade as precárias condições de trabalho pelas quais está submetida, policiais e bombeiros militares do RN ampliam pauta de reivindicações e decidem, com unanimidade, pela paralisação das atividades a partir desta terça-feira (22). A decisão foi aprovada durante Assembleia Geral extraordinária realizada na manhã de hoje (16), no acampamento em frente à Governadoria.


Além da aprovação do Projeto de Lei de Promoção de Praças, principal medida defendida pelos militares estaduais, foram adicionadas à pauta de reivindicações mais demandas importantes para a segurança pública, sobretudo à sociedade. Dentre os quesitos que correspondem a obrigações do Governo estão o reajuste de 15% do subsídio, que há dois anos não é feito pelo Estado, devido enquadramento dos níveis remuneratórios, pagamento do terço de férias ainda referente a 2012, integralização dos vencimentos dos que foram promovidos e ainda não recebem de acordo com a graduação, revisão da lei e reajuste da Diária Operacional, admissão de etapa alimentação como verba indenizatória, revisão do estatuto da PM em relação à carga horária e substituição do Regulamento Disciplinar da PM pelo Código de Ética.


“Todas essas reivindicações estavam sendo deixadas de lado pelos militares da polícia e corpo de bombeiros em nome da aprovação da Lei de Promoção de Praças. Infelizmente, o Governo não está entendendo a necessidade de atendimento à demanda, de modo que, a partir do dia 22, os praças decidiram paralisar suas atividades de policiamento ostensivo, já que consideram a medida justa e necessária e infelizmente não há outra alternativa”, explica o presidente da Associação de Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros do RN (ASSPMBM/RN), Eliabe Marques.


Em sua fala aos praças, o Presidente da APRAM, Tony Nascimento, explica que a instituição chegou ao fundo do poço e seus componentes são desrespeitados enquanto trabalhadores. "Nossa dignidade é roubada diariamente. Lutar não é crime e a única coisa que podemos perder com a paralisação são as correntes que nos aprisionam e humilham nesse sistema opressor que nos é imposto", declarou o dirigente.
Fonte: Kezia Lopes
e blog da APRAM

quarta-feira, 16 de abril de 2014

FRANCISCO DANTAS: O CLIMA POLÍTICO ESQUENTOU HOJE PELA MANHÃ NA CÂMARA MUNICIPAL : Vereadores cobram esclarecimentos sobre pagamento realizado a empresa de lix



Sessão na Câmara de Vereadores de Francisco Dantas

O clima esquentou na sessão desta quarta-feira, 16, na Câmara Municipal de Francisco Dantas. Tudo isto, pois um grupo de parlamentares apresentou um requerimento cobrando explicações do Prefeito Interino, Wandeilton Bezerra de Queiroz, sobre a contratação de uma empresa.

Segundo os vereadores, o atual gestor realizou um aditivo a um contrato existente, para continuação dos “serviços de limpeza pública, com a retirada de resíduos sólidos e podagem de árvores das vias públicas, na Zona urbana daquele município”.

Diante da continuação deste contrato, os vereadores querem explicação do atual Prefeito de como estes serviços foram realizaddos.

Segundo dados apresentados pelos vereadores, retirados do Portal da Transparência do município, o Wandeilton realizou o pagamento de R$ 37.440,00, porém, não ficou claro, onde a empresa prestou estes serviços na cidade.

Em requerimento apresentado na sessão, os Vereadores que subscreveram o pedido, Manoel Torquato do Rego e Francisco Larry da Silveira Castro, solicitaram da Secretária de Finanças, Francisca Etânia da Silva, cópias da Nota Fiscal da empresa Realiza Construção & Serviços LTDA, assim como, o processo de pagamento.

“Queremos saber onde a empresa prestou estes serviços e com quais funcionários, afinal, não temos conhecimento das pessoas que foram contratados por ela” questionou o Parlamentar. “É possível realizar este trabalho sem funcionários”, finalizou.

Fonte: Blog do JP

Kelps cita o município de Umarizal para ilustrar a crise geral pela qual passa Segurança Pública no RN



O deputado Kelps Lima citou o município de Umarizal em seu pronunciamento desta terça-feira, 15 de abril, na Assembleia Legislativa, para exemplificar a situação difícil pela qual passa a Segurança Pública do Rio Grande do Norte. “Umarizal é uma cidade pequena, pacata e de gente de bem. Mas, hoje, os seus cidadãos não podem ficar mais nas calçadas de casa”.


Kelps contou que a população de Umarizal vive momentos de apreensão pela falta de estrutura na segurança e que o carro que serve à polícia do município é um Sandero, completamente inadequado para o combate ao crime quando os bandidos fogem para a zona rural.


Por outro lado, o deputado lamentou que o tema menos debatido nas preparações das candidaturas a governo do Estado seja o de Segurança Pública. Diante dessa inércia de projetos, as expectativas são muito ruins.


Até agora, diz Kelps, não se ouviu um discurso convicto de como o Estado será resgatado do caos ao qual está submergido administrativamente.
Para o deputado, não adianta iludir a população com o discurso de que a Segurança vai melhorar com a contratação de mais policiais, mais viaturas, mais armamentos. “Primeiro, porque o Estado não tem o dinheiro para esses investimentos - se tivesse, os salários dos servidores não estariam sendo pagos com atraso, pois sabemos que há um déficit de R$ 1 bilhão para fechar as contas da folha até o fim de 2014; segundo, porque não são insumos que vão mudar a cultura da ineficiência que se vive hoje. Não há dinheiro que resolva o problema de má gestão. Esse é um problema que se resolve com mudança de comportamento do discurso e da ação política”.


“Se ilude quem acha que o problema da Segurança será resolvido apenas com a contratação de novos policiais, mais viaturas, mais armas...quem disser que vai investir em segurança sem dizer da onde vem o dinheiro, está mentindo. Quem disser que vai investir em segurança sem dizer como vai fazer para criar um processo de desenvolvimento e geração de renda para o Estado, com gestão forte e organizada, também está mentindo”, insiste Kelps.

Fontre: ICEM CARAÚBAS

Originais Do Samba - Se Gritar Pega Ladrão. Eita Brasil desmantelado da gota serena e tome samba